Solidão humana / conforto espiritual


Jesus ouviu da boca de Pedro, numa determinada altura, as seguintes palavras:

“Senhor, por que razão te não posso seguir agora? Estou pronto a morrer por ti!” João 13:37

Pedro disse que estaria disposto a morrer por Ele. Ah, qual deve ter sido a reacção de Jesus naquele momento, já sabendo ele o que iria acontecer…

Nas alturas mais difíceis, Jesus foi abandonado pelos discípulos… por aqueles que viviam com ele, por aqueles a quem ele deveria estar mais ligado, aqueles com os quais ele partilhava tudo: o seu viver, as suas lutas, o ministério, TUDO.

Ainda assim, sabendo tudo isso, Jesus não deixou de, por exemplo, lavar os pés aos discípulos, naquela que seria a sua última ceia com eles.

E Jesus estava comovido, tinha o coração “apertado”. Diz a Palavra que “Depois de ter pronunciado aquelas palavras, Jesus sentiu-se muito comovido. Então declarou abertamente: ‘Fiquem sabendo que um de vocês me vai atraiçoar.” João 13:21

Jesus estava muito comovido. Imagino-o até com algumas lágrimas nos olhos. Sim, Ele era Deus, mas também 100% humano.

Porém, o pior estava para vir… Jesus no Getsêmane.


Jesus foi falar com o Pai lá. Aproximava-se a hora e ele começou a ficar angustiado. Precisava falar com o Pai.

“Levou consigo Pedro, Tiago e João. Nisto começou a sentir-se angustiado e cheio de aflição, e exclamou: ‘Sinto uma tristeza de morte. Fiquem aí e estejam atentos’. Foi um pouco mais para diante e caindo por terra, pedia muito a Deus que, se fosse possível, o livrasse daquela hora de sofrimento.” Marcos 14:33-5

Jesus caído por terra… angustiado, cheio de aflição, suando gotas de sangue… prostrado, talvez cheio de terra…

Porque teria ele levado consigo 3 discípulos? Sabemos que um deles, João, era o seu discípulo amado. Os outros deveriam ser também os mais próximos, não sabemos.

Porém, em todas as vezes que Jesus se aproximava deles, eles estavam dormindo. Uma das vezes ele perguntou especificamente a Pedro: “Então, nem uma hora conseguiste ficar acordado?” Consigo imaginar os sentimentos de Jesus… Parece que os discípulos afinal não ajudaram muito… pelo contrário, ainda pioraram… porque concerteza Jesus não deverá ter ficado indiferente a esse facto.

Ultimamente tenho pensado muito nesta questão, mas sobretudo vivido… tenho pensado nas vezes em que já disse a Deus: “Amo-te, tu és tudo para mim, quero depender apenas de Ti, o meu coração é todo teu.” Mas depois fico triste se me sinto assim como Jesus nalguns momentos: só.

Nada do que eu possa viver se pode comparar ao sofrimento de Jesus… a expectativa daquilo que O esperava deve ter sido terrível… não foi em vão que os anjos o confortavam no Getsêmane. Ele precisava disso… e naquele momento foi-lhe dado o único conforto que não falha: o de Deus, através dos seus anjos.

“Nisto apareceu-lhe um anjo do céu que veio dar-lhe forças. Jesus estava muito angustiado e orava ainda com mais fervor, enquanto o suor lhe caía no chão, como grandes gotas de sangue.” Lucas 22:43,44

Deus enviou um anjo que lhe deu forças. Conforto espiritual, ajuda espiritual, vinda do alto, enviada pelo Pai.

Precisamos depender exclusivamente desta ajuda, porque qualquer ajuda que não seja esta, falha, é imperfeita, por mais que a intenção de quem a dá seja boa. Ajuda perfeita só pode vir do alto.

Precisamos saber que, mesmo que mais ninguém veja como estamos, Deus vê. Ele está lá, vendo tudo tudo, sentindo o nosso coração tal como ele está, sabendo as nossas necessidades, as nossas expectativas. Ele sim, pode compreender totalmente quem somos. Isso deveria bastar…

Mas a verdade é que para mim nem sempre basta. Porque cada vez que me entristeço por causa de alguém, eu estou a mostrar que o amor de Jesus não me é suficiente, não me torna inabalável.


Estamos habituados a depender das pessoas ou daquilo que nos acontece no dia-a-dia para nos sentirmos bem ou mal. Mas não pode ser assim. Devemos depender apenas de Jesus. JESUS É O IRMÃO PERFEITO, DEUS É O PAI PERFEITO, O ESPÍRITO SANTO É O CONSOLADOR PERFEITO. Os 3 se completam na sua função em nós. E isso é suficiente.

Depois disso, tudo o que Deus nos quiser dar através de quem amamos, deverá ser considerado um extra, um autêntico presente vindo dele, uma prenda daquelas que nos faz sentir tão bem e sorrir…

Mas se Deus resolver nos dar apenas o Seu amor, não usando ninguém mas através dele próprio, que nos possamos alegrar na mesma.

Afinal, quando dizemos que o nosso coração é só dele, que dependemos dele, será que estamos a ser verdadeiros?

O que mais me impressiona em Jesus é o facto de que, apesar de todo o abandono, Ele continuou a cuidar daqueles que estavam perto. Continuou a demonstrar o seu amor. Não disse ou pensou: “Ah é? Se não querem saber de mim, eu também não quero saber de vocês.”

Ele continuou, sabendo que sempre que precisasse, o Pai enviaria outra vez do céu a ajuda tão necessária.

Continuemos também a demonstrar amor, ainda que imperfeito, àqueles que amamos, mesmo que por vezes nos sintamos necessitados desse mesmo amor que damos.

Jesus fez isso. Nós não somos maiores do que Ele. Passamos pelo mesmo e devemos responder da mesma forma.

Jesus, desejo que o meu coração seja todo teu! Que dependa apenas de Ti, meu amado, meu consolador, meu querido irmão, meu querido amigo. Tu bastas no meu viver. Tens-me dado prendas também, e obrigada por esses extras que alegram a minha vida.

Amo-te, Pai, amo-te irmão Jesus, amo-te Espírito Consolador.

10 comentários:

timor disse...

Olá Paula, só para te dizer que em Cristo somos um, conseguiste por breves palavras, passar o sentimento de muitos que adoram o Deus verdadeiro. Gloria a Deus que nos enviou Jesus Cristo,e através Dele(Jesus)temos salvação.
Obrigado Jesus por seres o exemplo, a que devemos seguir.
Obrigado Paula,pelas tuas palavras,que o Senhor realize os desejos do teu coração.

Paula disse...

Olá Pedro, que surpresa ter um comentário teu no meu blog... que honra! Hehe.

Glória a Deus mesmo, Ele é tudo em nós. Deve ser o exemplo a seguir a cada dia, a cada minuto.

Um beijinho e que Deus seja cada vez mais real na tua vida. És um exemplo dessas pessoas que falas no comentário: pessoas que adoram o Deus verdadeiro.

Andrea disse...

Olá mana,

gostei muito do que aqui li, obrigado pelas palavras que creio que foram inspiradas, e pela tua disponibilidade em as passares para aqui.

De facto, nós precisamos depender somente Dele e não das circunstâncias nem das pessoas. Como tu dizes, é fácil falarmos ou cantarmos isso mas quando as situações acontecem as coisas complicam-se. Felizmente temos um Deus que não desiste, e que se importa sempre. Ele é o melhor Mestre e tem resposta para todas as coisas.

Creio que o Senhor te dará o que desejas, o teu coração será TODO Dele.
Desejo tantas coisas para a tua vida, mas neste momento prefiro desejar-te que os desejos que estão no coração de Deus para ti, se cumpram totalmente.
Esses sim são os melhores e os perfeitos para a tua vida.

Abraço forte mana e que o teu coração esteja continuamente ligado ao Dele.

Obrigada por tudo.

Tânia disse...

mana...mana...mana...
verdadeiramente tens um dom de com as tuas palavras tocares o coração de quem está precisando de uma palavra de incentivo.
que juntas possamos crescer no conhecimento do nosso Pai.
Deus te abençoe

Anónimo disse...

hum...

que dizer de ti? que dizer do que escreves? Muitas vezes ao ler a biblia sinto que ela não foi escrita para os homens. sinto que ela foi escrita para mim, só para mim. quando oiço um techo da biblia não olho para o lado e penso "esta parte deve ser para este tipo que está aqui ao meu lado". Aquilo é para mim.

Ultimamente o mesmo se passa com o que escreves. E pelos comentários penso que não sou o único a sentir isso.

hummm o que escreves nesta mensagem...

acho que só pode perceber uma parte do sofrimento de cristo quem já sofreu uma traição. Tive uma amiga que sempre que estavamos juntos me prometia amizade eterna, sempre que estavamos a conversar a sós dizia que a nossa amizade seria mais forte que tudo, mesmo que entre nós estivessem diferentes deuses...

hum... no momento em que lhe disse preciso de ti... todas essas palavras tinham sido levadas pelo vento...

hum... hoje há quem me diga o mesmo, e acredito que essas pessoas são sinceras, mas olho para elas e penso "como estás enganada". basta um vento mais forte, basta algo muito pequeno para por em causa essa amizade que diz que sente... sei que isso, essa amizade eterna só posso obter de Deus...

quando oiço essas palavras custa-me, tal como deve ter custado a Jesus quando ouviu dos disciplos juras de fidelidade eterna... eu não sou mais que Jesus...

vá tem cuidado contigo sra. edificadora de homens..

Ana disse...

Nada há a acrescentar... sinto tana coisa para dizer... mas acho que tu percebes... o silêncio às vezes é a palavra chave *

POLLIANNA disse...

Querida essas mensagens hoje foi p mim motivo de grande alegria pq hoje é o dia mais triste de minh vida estou passando pelo gatsemani de minha existencia,sou mormon es sou feliz por isso amo tudo e todos mais stou agora precisando desse amor q dou ao proximo. obrigada:polliannaks@hotmail.com

lilianeduques disse...

Foi muito bonito o que escreveu, faz sentido com os problemas que estou passando agora.

Nem bem casei, separei-me; mal iniciei meu casamento, fui traída; fui tão certinha, e só recebi indiferença.

Se não fosse Deus na minha vida, hoje, não suportaria passar por isto, mas Ele sabe de todas as coisas, eu só vejo o agora, Ele vê o futuro.

Anónimo disse...

Tudo o qque você escreveu me fez olhar para mim mesma, e ver que sou tão pequena e que meus problemas mais pequenos ainda. Jesus foi abandonado e ainda continuou demonstrando seu amora por aqueles que o abandonaram.
Confesso que durante algumas horas tive a maior crise nervosa da minha vida. Tenho 20 anos, moro longe dos meus pais, não tenho namorado, tenho poucos amigos que por sinal, tambem estão longe. A sensação que tive hoje, diante de tantas provações que estou passando, é a de solidão, e de não ser importante pra ninguém.
É uma dor tão forte, que chegou a passar pela minha cabeça desistir de tudo.
Ainda estou chorando, mas depois de ter lido a descrição da solidão do maior Homem do mundo, não me sinto no direito de continuar com esses pensamentos.
Deus está aqui comigo, mesmo que não possa vê-lo, sei que ele está aqui, que me vê, que vê meu coração, e que nunca vai me abandonar.

Obrigado por compartilhar um texto tão bonito, que me confortou na noite de hoje.

Anónimo disse...

depois de ler me sinto melhor pois o amor do pai e omelhor presente