Vivências da bênção

Texto escrito no dia 20 de Julho.


Faz hoje um mês que a Inês nasceu e é hoje que eu sinto que devo voltar a escrever algo neste lugar. Coincidência? Não, porque elas não existem.

E como regresso, senti da parte de Deus que deveria aqui deixar alguns pensamentos e vivências minhas ao longo deste mês que passou.

Faz hoje um mês que comecei a viver de uma forma diferente a bênção que o Senhor nos deu. E em cada dia, desde aí, eu tenho sentido a mão de Deus sobre mim e sobre a minha família.

A Inês é alguém especial, que foi planeada no céu, e quem Deus fez a mim e ao meu amado desejarmos.

Sim, porque a sua origem não foi nos nossos corações. Todas as famílias, humanas ou espirituais, têm a sua origem em Deus. Por isso, não há criança, não há homem, não há mulher que se unam por vontade própria. A união verdadeira entre duas pessoas é sonhada pelo Pai e o nascimento de cada filho igualmente.

“Por este motivo, eu me ajoelho em oração diante de Deus Pai, no qual toda a família, tanto no céu como na terra, tem a sua origem.” Ef 3:14,15

Eu amo a minha família e está bem marcado em mim que foi Deus quem a desenhou. Foi Deus quem desenhou o meu amado esposo, o qual cada vez eu amo mais, e foi Deus quem desenhou a nossa princesa linda.

Em cada dia de vida da pequena Inês eu tenho sido abençoada pelo Senhor. Não porque todos os dias têm sido fáceis, não porque ainda é novidade e eu estou contente… “Deixa chegarem dias difíceis e logo vais ver”, são as frases de alguns… pena que se olhe assim para um ser que é uma bênção do Senhor. Diz a Palavra. E não acreditar nisso ou contradizer é não ver como Deus vê.

A cada dia tenho sido abençoada porque em cada dificuldade que tem surgido, eu tenho sentido direcção de Deus, renovo de Deus, milagres imediatos e não imediatos, de tudo um pouco. Ele tem sido realmente o meu Amigo querido, aquele que faz o que quer, aquele que não vê como nós vemos, aquele que vê como as coisas realmente devem ser vistas. E, simplesmente porque humildemente tenho pedido, Ele tem-me dado da Sua visão sobre a minha vida e a vida da minha família. E assim desejo que continue.

E nestes curtos 30 dias, já entendi que há palavras de Deus que vão acompanhar a nossa vida a 3 e especialmente a vida da nossa pequena filha:

“O Senhor é quem vigia sobre os seus fiéis, sobre aqueles que esperam na sua bondade; Ele livra-nos da morte e mantém-nos vivos no tempo da fome.
Nós pomos a nossa esperança no Senhor; é Ele quem nos ajuda e protege! Ele é toda a nossa alegria; confiamos plenamente no Deus santo. Que o Teu amor, Senhor, nos acompanhe, pois pusemos em ti a nossa confiança.”
Sl 33:18-22


E esta imagem, para quem a conhece e sabe onde ela está, simboliza isso: Deus vigiando sobre nós, Deus como Pastor. Logo, nada nos faltará!


Amados amigos e irmãos,

Que nunca possamos reclamar da nossa família, dos nossos filhos, pois cada um foi planeado nos céus, desejado nos corações dos homens por sopro divino, não por vontade própria.

Quando apenas olhamos como toda a gente olha, só mostramos que no nosso interior não está a fluir o Espírito, Ele não está impregnado na nossa mente, nem nas nossas emoções. Simplesmente, somos iguais aos outros.

“Não vivam de acordo com as normas deste mundo, mas transformem-se, adquirindo uma nova mentalidade. Assim compreenderão qual é a vontade de Deus, isso é, o que é bom, o que Lhe é agradável e o que é perfeito.” Rm 12:2

Precisamos de transformação interior, a qual nos leva, dia-a-dia, a adquirir uma nova mentalidade e um novo sentir, acrescentaria eu. Esta tem sido a minha vivência, o meu pedido ao Pai, porque eu sei que só assim, como diz Paulo, eu posso compreender qual a vontade d’Ele, o que Lhe agrada, o que Lhe faz sorrir.

Eu preciso de me ajoelhar a cada dia, me esvaziando e pedindo isto, para que possa usufruir cada momento da minha vida como Deus planeou.

Deus, eu amo-te.

7 comentários:

Lou Mello disse...

Parabéns pela Inês! Muito legal ver seu blog em atividade, de novo. Felicidades à família. Deus continue abençoando-os abundantemente.

Andrea disse...

Mana
*muitos sorrisos*

vim para ver o que tinhas escrito!

Conheces-me bem e sabes o que penso, sinto e sou por isso deixo-te apenas um abraço grande e muito emocionado, de quem se alegra muito em Deus por estar a ver-te passar por uma experiência humana-espiritual tão maravilhosa, e de uma forma como eu creio que Deus se agrada.

Está ao alcance de todos mas só os que O buscam o alcançam. *piscadela de olho*

Um beijo abençoado para a minha Inês do coração!

Paula disse...

Olá Lou. Brigada pelas palavras. Senti que devia escrever aqui o que escrevi e assim vou continuar: quando Deus me inspirar a escrever algo, vou escrevendo. Deus te abençoe tb!

Olá maninha. Sorrisos tb hehe. Parecias eu a ir ler o teu artigo no blog PGV... sentiste... Sim, sei como és, vives, pensas e sentes, por isso eu sei q tu entendes bem o que eu escrevi. Tens sido um exemplo, como não entenderias? *sorriso* Um abraço mto grande, com amor e saudadinhas. Deus vos abençoe!

Grace disse...

Muita paz, querida mãezinha!
Estou louca de vontade de conhecer a nossa princesa Inês...por favor, poste algumas fotinhos dela.
Muitos beijos para vocês duas e um abração para o papai.
Amo muito vocês.
Grace

Marlene Maravilha disse...

Não há nada mais lindo do que a família! E filhos são herança do SEnhor e nós ficamos felizes quando as ganhamos. Fico imensamente grata a Deus com a tua felicidade com a Ines e teu esposo. Lindas e sábias palavras!
Deus é e será sempre contigo!
beijos

Flôr disse...

Oi linda! :))

Passei, pensando não te "encontrar"... e imensa foi a minha alegria ver que voltaste!... Obrigado Pai, pela "volta" desta tua filha ao mundo da blogoesfera... Que neste cantinho, o Teu Nome Santo continue a ser honrado e glorificado!

Parabéns pela princesa Inês. Agradeço a Deus a sua vida e Peço-Lhe a Sua protecção divina sobre ela. Que a maravilhoso Luz de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo, se faça sempre sentir na vida desta menina e de seus pais.

Querida amiga e irmã, estou mesmo, mas mesmo feliz com o teu regresso.

Saboreia cada minutinho, cada instante da tua menina... pois os filhos são bençãos de Deus....

Sabes, li com atenção, muita atenção este teu post e acredita, os meus olhos, inundaram-se de lágrimas ao ler...

" Sim, porque a sua origem não foi nos nossos corações. Todas as famílias, humanas ou espirituais, têm a sua origem em Deus. Por isso, não há criança, não há homem, não há mulher que se unam por vontade própria. A união verdadeira entre duas pessoas é sonhada pelo Pai e o nascimento de cada filho igualmente.

“Por este motivo, eu me ajoelho em oração diante de Deus Pai, no qual toda a família, tanto no céu como na terra, tem a sua origem.” Ef 3:14,15"...

E de novo a esperança voltou ao meu coração... será?! será que está nos planos do Pai a restauração da minha família?!! Tudo entrego nas Suas santas mãos! :)

Agradeço ao Senhor ter colocado no teu coração estas palavras, que "bateram" forte em mim... emocionei-me...

Tua Flor com o amor de Jesus

Paula disse...

Flor, mto obrigada por patilhares as tuas palavras comigo. Só tenho uma coisa a dizer-te: Sim, querida irmã, a restauração da tua família é possível. Confia em Deus, aquieta-te e espera n'Ele. Não faças mtas coisas por ti. Fica como que "sentada a observar" a acção de Deus, se é que me entendes.
Deus te abençoe a ti e à tua família