Orações pouco espirituais

Dou graças a Deus por Ele não ter retirado alguns Salmos da Bíblia, principalmente os que mostram os sentimentos "pouco espirituais" (como dizem os crentes de hoje em dia) do Salmista.

Ir-me-ia sentir mal se eles lá não estivessem, pois muitas vezes sinto coisas "pouco espirituais" e iria pensar que era a única ou que fazia parte daqueles tristes desgraçados que não conseguem viver a verdadeira vida espiritual.

O Salmista disse coisas como:

"Deus, tu rejeitaste-nos e desbarataste-nos."

"Meu Deus, porque me abandonaste?"

"Chamo de dia e não me ouves, meu Deus; e de noite é a mesma coisa: não tenho resposta e não consigo sossegar."

Quase consigo imaginar as respostas "espirituais" que David devia ouvir se dissesse estas coisas nos nossos dias. As respostas do tipo das dadas pelos amigos de Job.

"Deus não te abandona, não tenhas falta de fé! Porque dizes que Deus não te ouve? Que falta de fé da tua parte. Não consegues sossegar? Não sabes que a paz que Deus dá é real? Tu é que estás mal."

Por mais que algumas das respostas contenham a verdade ou parte dela, porque temos nós tanto problema em exteriorizar aquilo que sentimos de verdade?

Nos últimos tempos tenho tido conversas com Deus "pouco espirituais." Daquelas coisas que não "ficam bem" dizer ao pé dos outros, ou pensariam que estava desviada.

Cheguei a dizer a Deus que me arrependia de algo que Lhe tinha pedido, pois o que vivo é simplesmente a resposta a algo que Lhe pedi. E por mais que esteja a ser bom e tão produtivo aquilo que vivo, Ele sabe que o meu comodismo Lhe diz:

"Ó Deus, não achas que já chega? Dá-me um pouco de descanso! Já aprendi o que me queres ensinar, agora apressa as coisas!"

Mas não, Deus insiste que eu viva uma situação difícil e, ainda por cima, prolongada, lenta, lentíssima em se resolver.

Apesar de tudo, sorrio. Porque sei que está a ser produzida tanta coisa boa no meu interior. Sorrio porque consigo ter um vislumbre da razão de tudo isto. Sorrio porque Deus é fiel e amoroso comigo e porque responde ao que Lhe peço, ainda que as respostas que Ele me tem dado não sejam as que imagino quando Lhe faço os pedidos.

E o meu coração está grato. Faço minhas as palavras de Maria:

"Dependo só do Senhor. Que se faça em mim segundo o que disseste. Que aconteça comigo tudo o que disseste." Lc 1:38

E muitos Salmos "espirituais" eu já poderia escrever com tudo o que já tenho vivido com o Senhor.

Obrigada, Paizinho, porque Tu és o meu maior amor.

2 comentários:

tania palmeiro disse...

obrigado paulinha
mais uma vez tens sido fortemente usada por Deus para me abençoares e confirmares aquilo que Ele traz a minha vida.

DTA

Antonio Francisco disse...

Parabéns por continuar escrevendo tão bem. Por favor atualize meu novo endereço em seus links: www.achologia.com

Um abraço

Antonio Francisco