És toda a minha alegria

"Todos os momentos da minha vida estão nas Tuas mãos" Sl 31:16a

A verdadeira espiritualidade: viver todos os momentos da minha vida com consciência de que estou nas mãos de Deus, humildemente, alegrando-me somente n'Ele.

Dependência, adoração, intimidade... devem ser as minhas principais preocupações, pois foi para isso que fui criada.

Passando muito tempo de qualidade com a minha filha, nos últimos tempos, tenho-me apercebido o quanto a nossa relação espelha a minha própria relação com o meu Pai celestial.

É impossível explicar o quanto as pequenas conquistas dela me fazem sorrir e vibrar de emoção, coisas que aos olhos dos outros podem ser sem valor, muito muito pequeninas, mas que por ela ser minha filha têm esse efeito profundo em mim.

Quando a vejo falhar em alguma coisa, não ser tão bem sucedida, vejo o quanto ela está a tentar, a aprender com os seus momentos menos bem sucedidos e aos poucos a mudar. Vejo o fim do processo e alegro-me com isso, abraçando-a, dizendo-lhe que não faz mal, ainda que ela sendo pequenina não entenda todas as palavras, apesar de o entender emocionalmente.

Não há tempo que possa ser substituído, não há dinheiro que possa pagar os momentos que temos vividos, momentos que ficarão marcados para sempre no seu coraçãozinho em formação e no meu coraçãozinho em formação.

Assim é o meu relacionamento com o Pai. Medito nestas coisas e posso sentir o quão Ele também me olha assim, tal como eu olho com os meus olhos imperfeitos a minha filha e vibro com ela, vendo-a crescer diante dos homens e de Deus.

Aqui fica escrita uma promessa para a minha vida, para que eu própria não me esqueça dela mas a venha ler constantemente:

"A vitória do rei não está no seu grande exército, nem o guerreiro triunfa pela sua grande força. Os cavalos de guerra são inúteis para a vitória; eles não salvam pela sua grande força." Sl 33:16,17

4 comentários:

Brisa disse...

Amiga do coração obrigada por partilhares o que vai no teu íntimo, e estes versículos realmente tocam, o último leva-me a lembrar o outro versículo que diz: "...Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos." Zacarias 4:6
Maninha obrigada pelo tempinho, pela partilha :D é tão bom ver, ler, como Deus toca e fala contigo no relacionamento com a pipoquinha :D é dirigido por ELe ai está a benção da espera...
É disso q falo, dessa benção no relacionamento a 3, mãe filha e Pai, pai, mãe, filha e Pai a 4; mãe, pai, filha, filho(a) e Pai a 5, é essa benção, é a "isso" que correponde a presença de Deus no lar n é? Ontem as tais gaivotas ao fim da tarde fizeram uns voos espetaculares, ainda não tinha visto nada a assim, realmente elas pairam no ar e deixam-se levar pelo vento, vi uma a andar pelo menos um kilometro pairando no céu azul sendo levada pelo vento pairando no ar, deixando-se levar pelo vento, quando ela tentou voar contra o vento, deu para perceber que era bem dificil, mais dificil do que andar de bicicleta contra o vento :) eheh foi um momento especial :D beijinhos és Benção na minha vida! Obrigada por me aturares, por me compreenderes, por me conheceres :D Gosto tanto mas tanto de tiiii! :D muito muito Muito!!! Beijinhos

Paula disse...

Dorinha, tal como essas gaivotas, assim desejo ser: planar ao sabor do vento.

Voar com asas como águias...

Beijinhos e Deus te continue a agraciar!

Danilo Fernandes disse...

Ola Paula!

Uma vez um amigo me perguntou porque havia mais servas do que servos.

Como bom reformado, nem penso em buscar qualquer caracteristica humana para justificar tal fato. O Senhor escolhe.

Mas não deixo de admitir que em relação à compreensão do AMOR a mãe esta mais capacitadada a entende-lo, ainda antes de vive-lo.

O artigo aqui confirma.

Queria aproveitar a oportunidade para lhe apresentar o meu blog, o Genizah e recomendar uma visita. Por minha vez, já me tornei seu seguidor.

Graça e Paz!

Danilo


http://genizah-virtual.blogspot.com

Paula disse...

Olá Danilo, obrigada pela tua visita ao meu cantinho. É interessante o que escreveste!
Vou visitar o teu blog, sim, com todo o prazer.

Um abraço em Cristo.