Seguir levemente



"Não é possível seguir-me com leveza" - tem sussurrado aos meus ouvidos o meu Senhor.

E tu ainda estás a seguir-me com leveza, Paula...


Estavas pronta a morrer por mim neste momento?

És capaz de ser injuriada, maltratada, caluniada por minha causa, querida filha?

És capaz de não me negar diante dos outros?

És capaz de afirmar ao mundo que és 100% minha? Independentemente do que aconteça?

E indigna sinto-me diante do Pai, sabendo que Ele me ama a 100%, mesmo sabendo a minha resposta às suas perguntas...

Ainda assim, Ele quer-me... totalmente... Ele olha para mim com amor e lágrimas...

E eu peço-lhe: Ajuda-me.... ajuda-me a caminhar contigo na Tua dimensão...

E Ele responderá!

4 comentários:

disse...

É sempre dificil conseguir retribuir o Amor que Jesus tem por nós!
Ele é infinitamente Amor e por isso a razão de nos sentirmos limitados no Amor que lhe retribuimos...

Ele é-nos sempre fiel. E nós? será que somos fieis ao Seu Amor por nós!

Obrigado por me teres ajudado a chegar a esta reflexão!

bjs

Ana disse...

Minha Paulinha... Adorei ler isto :) São mm palavras sinceras, tão sinceras...

Só me apetece encher-te de palavras doces e meigas, replectas de amor... mas deixo isso para os carinhos que te posso dar pessoalmente.

* * *

Tânia Palmeiro disse...

Maninha,
é tão bom ver alguém que a cada dia se deixa encher mais pelo Senhor Jesus escrever palavras tão profundas.Uma entrga incondicional movida por um coração apaixonado.
Que Deus te abençoe muito minha amada irmã.Peço a Deus um dia poder retribuir todas as benções que me tens dado, todas as palavras de incentivo e carinho.
Amo-te muito manuska!!!

Paula disse...

Olá querida Tânia,

Que Deus te abençoe muito também minha irmã. Que o Teu coração possa retribuir a Deus, o autor de todas as coisas boas que acontecem... logo, as minhas palavras têm vindo d'Ele. Ama-o, agradece-lhe, pois se fossem as minhas palavras... nem fazes ideia do que sairia vazio e seco.

Um abraço grande e que ele seja cada vez maior em ti.