Clamor

Cada vez mais experimento o quanto Deus se move com o clamor.

Clamor, não apenas um falar "normal" com Ele, mas algo que sai do fundo do meu ser.

Cada vez mais vejo que as minhas emoções profundas têm um efeito no Pai.

E uma conversa com Ele, quando as minhas emoções estão envolvidas numa escala ainda maior, faz diferença.

Ele criou as nossas emoções e alegra-se delas. Elas têm um papel muito interessante no nosso ser.

4 comentários:

nevi'im disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jc disse...

nem imaginas, qual a tamanha satisfação que sinto, ao ver o que penso e sinto escrito neste post...

bem-haja

tania palmeiro disse...

E tem sido esse clamor que te tem feito suportar as lutas e seguir em frente, não é mana?!!!

Deus te abençoe

Antonio Francisco disse...

Gostei muito de seu post sobre Clamor. Realmente precisamos amar a Deus também com nossas emoções (Mc 12.30).
Antonio Francisco.