Movimentações espirituais


A minha luta não é contra a carne ou o sangue.

Agradeço tanto ao Espírito Santo de Deus por habitar em mim... Ele é Deus vivo em mim, aqui mesmo, corre no meu sangue, nas minhas veias, sinto-o na minha pele.
É o Espírito do Cristo que eu amo, faz-me lembrar tanto as Suas palavras e ensina-me os caminhos para chegar à verdade.
Neste momento estou no meio de uma batalha e a minha carne faz-me olhar apenas para o plano humano. Enquanto eu olho assim, eu sinto-me extremamente injustiçada, injuriada, incompreendida, abatida e entristecida, zangada e magoada com algumas pessoas. De coração ferido.

Satanás sabe que a forma mais certeira para as suas setas me atingirem é usando as pessoas que estão à minha volta. Eu fico muito atingida com isso e isso tem poder suficiente para me fazer desistir de muita coisa. Sou, de facto, muito fraca de ânimo e motivação.

Mas é aí que entra o Espírito Santo que habita em mim, que me ungiu e enviou. Que me dá a vitória! É Ele que me dá a ousadia para gritar, não para essas pessoas mas para Satanás: "Não penses que é com isto que me vences!" Só com a ousadia do Espírito eu posso dizer isso, pois se fosse por mim, Satanás nem precisava de me rondar para eu ser uma vencida. A minha carne chegava.

Mas a nossa luta não é contra as pessoas. E eu agradeço muito ao Espírito por me falar de uma forma tão clara essa verdade. Ele, verdadeiramente, me dá discernimento sobre o que se passa, sempre que eu busco. É como se deixasse de ver a situação concreta e passasse a ver as mesmas movimentações ao nível espiritual.
E isso dá-me uma perspectiva nova das coisas. Afinal o que se passa não é um problema com as pessoas. São as potestades que me rondam.
Então, eu invoco o Senhor, que é digno do meu louvor, SÓ ELE!!! E é Ele que me salva dos meus inimigos espirituais. E Ele já respondeu uma parte: está a levantar-me, a fazer-me forte no meio de tudo isto.
Agora aguardo a Sua acção e estou curiosa, à espera de ver o que é que Ele vai fazer, estando eu quieta no meu canto.
Não tarda e esses meus inimigos estarão, no nome de Jesus, alcançados, pisados e derrotados.
Obrigada, Espírito Santo de Deus, por seres tão real no meu ser. Quero conhecer-te mais e ser mais dirigida por Ti.

3 comentários:

Vilma disse...

E é bom sinal quando temos essas lutas. sinal que não nos acomodamos e que estamos sensíveis.
Que estamos em processo de crescimento e aperfeiçoamento.
Foi bom ler-te Paulinha.
O inimigo por vezes também usa os que eu amo e que me rodeiam para me atacar, pois é um ponto muito sensível meu.
Mas Deus é maior e o Seu Espirito que habita em nós dirige-nos e orienta-nos.
Basta estar sensivel a Ele.
Se bem que nem sempre estamos...
DTA

adam brown disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Andrea disse...

Mana, faltam-me tanto as palavras...
talvez por te entender, por tantas vezes sentir a injustiça e a rejeição que doem profundamente, por vezes pequenas palavras... pequenos gestos... mas graças ao Deus das nossas vidas que Ele nos dá o discernimento para percebermos a luta que se trava ao nosso redor, estamos num campo de batalha.
Ao ler o teu artigo lembrei-me mais uma vez do salmo 18. De facto, o Senhor sabe todas as coisas. Já venceste fofinha! E eu também! Que o Senhor nos ajude!

Amo-te maninha!