Ainda há videntes e sentinelas?

"Outrora, em Israel, o profeta era chamado de vidente e, por isso, quando alguém desejava consultar o Senhor, dizia: 'Vamos ter com o vidente'." I Sm 9:9

E o profeta transmitia as palavras de Deus.


Há quem pense que hoje em dia já não existem profetas. Os que se auto-intitulam são falsos, pensam. E se calhar alguns são, pois quando alguém se auto-entitula alguma coisa, para mim é logo de desconfiar. O título, seja qual fôr, não importa. Pelo menos para mim. Se assim fosse, todos deveríamos entitular-nos de acordo com os nossos dons. Mas não, apenas se dá títulos aos pastores, reverendos, apóstolos e missionários.

E os que falam línguas, e os que as interpretam?
E os que exercem misericórdia?
E os que ensinam?
E os que têm sabedoria especial?

Estes não precisam de título?

hihihi, foi só um aparte.

Os profetas são, quase sem excepção, pessoas incomodativas, mesmo que estejam calados.
Engraçado que o Rei Acab chegou a reunir 400 falsos profetas, mas quando foi interrogado se haveria mais algum (o verdadeiro), ele não queria porque esse trazia-lhe sempre más notícias.

Pois é, os verdadeiros profetas são muitas vezes portadores de más notícias.

São como uma sentinela.

"Chegou o dia do teu castigo, anunciado pelas tuas sentinelas, os profetas." Miqueias 7:4b

Quando todos dormem, eles sabem o que pulsa no coração de Deus, eles sabem o que Deus está a ver, a sentir, a fazer.

Quando todos estão cegos e acham que as coisas não mudam, os profetas conseguem ver o agir de Deus.

Eles são videntes e sentinelas, por mais que estas palavras façam comichão aos "crentes".

Sim, muitas vezes sabem o futuro, porque Deus lhes revela. Sim, sofrem muito por serem sentinelas, porque vivem a situação do povo de uma forma muito mais chegada, logo muito mais angustiante do que quem não vive assim.

Sim, os profetas existem mas muitos impedem-nos de profetizar. Muitos são como o Rei Acab:

"Calem-nos, porque só trazem más notícias. Que mania que têm de que as coisas estão mal. Parece que não conhecem outras palavras que não sejam arrependimento e culto verdadeiro."

Mas eles existem e foram eleitos por Deus. E, tal como a Jeremias, Deus os fortifica para que possam resistir aos próprios irmãos.

Quase que o nome "profeta" deveria significar "portador de más notícias", "desprezado", "em minoria", "luz na escuridão".

Será por acaso as Lamentações de Jeremias terem sido escritas por um profeta?

Oro pelos profetas nesta minha geração. Eles existem porque há uma necessidade de conhecermos Deus e o Seu coração.

Nunca quero menosprezar a palavra dos profetas verdadeiros.

2 comentários:

Andrea disse...

Olá maninha

gostei de ler! *piscadela de olho*

Eu creio na existência de sentinelas e profetas que Deus escolheu na nossa geração para estreitar a relação do povo com Deus. Sim eles sofrem, tremem, até transpiram de angustia. Parece contraditório para quem tem o Senhor, mas Deus tem um objectivo especifico com essas pessoas. Abençoadas são pela escolha do Rei.

Um beijinho grande maninha e olha, eu também não quero menosprezar a palavra dos profetas verdadeiros.

Antonio Francisco disse...

Olá minha querida irmã!
Obrigado por atualizar o endereço de meu blog em seus links.

Deus continue lhe abençoando e usando.

Antonio Francisco
http://achologia.wordpress.com