Flores na sequidão

“O deserto e a terra árida alegrar-se-ão por isso, a estepe exultará e dará flores belas como narcisos.” Isaías 35:1,2

Estava eu a falar com o Pai, num momento só nosso, quando abro os meus olhos e vejo a minha Bíblia aberta em Isaías 35. Assim que fixei os meus olhos no primeiro versículo, vi logo que era Deus quem tinha aberto a minha Bíblia, não tinha sido eu, nem um acaso, ou uma coincidência.

A estepe. Não sabia o que era. É esta planta:



Diz o Senhor que a estepe, esta planta, dará flores belas como narcisos.

Promessa do Senhor para a minha vida. Mais uma vez, uma promessa que humanamente é impossível de acontecer.




Como pode uma planta como a estepe dar flores tão bonitas como os narcisos? Dali já não nasce nada… é só sequidão!




Pode. É para isso que Jesus veio. E se eu não creio nisso, não creio no que Jesus conquistou para mim. Se tu não crês, não crês no sacrifício completo de Cristo.

Como pude ler no resto do capítulo, é como se a estepe simbolizasse todos aqueles que:

têm os braços cansados
têm os joelhos vacilantes
têm um coração cobarde

são cegos
são surdos
são coxos
são mudos


E ao ler isto, não me poderia ter identificado mais com a estepe: Braços cansados, joelhos vacilantes, coração cobarde, que não acredita mais, cega, surda, coxa e muda. Exagero? Não, nem por isso.

Mas em cada frase que falava de fraqueza, debilidade, eu pude ler uma promessa.

Os braços cansados tornar-se-ão fortes
Os joelhos que vacilam tornar-se-ão firmes
Os que têm um coração cobarde, serão fortes
Os cegos verão
Os
surdos ouvirão
Os coxos saltarão como veados
Os mudos gritarão de alegria

Ah, Esperança!

“Porque as águas jorram no deserto e as torrentes na estepe. A terra queimada mudar-se-á em lago, a terra seca em fontes caudalosas. No covil em que repousavam os chacais, as ervas tornar-se-ão canas e juncos.” Isaías 35:6b,7

Água. Abundante. A promessa é que no deserto, na sequidão, haverá água! Mas não são apenas umas gotinhas… Deus promete água a jorrar, torrentes, lagos, fontes caudalosas, de uma forma tal que as ervas que lá existem tornar-se-ão em canas e juncos (espécies que NUNCA poderíamos encontrar num deserto).

Esta foi uma promessa que o Senhor fez hoje mesmo para a minha vida. Ou eu creio nela ou não creio.

E se não creio, no que creio eu? Num Jesus fraco? Num livro cheio de mentiras? Num Deus que não existe?

Meu querido irmão e irmã:

Se nós não cremos que foi mesmo a nós, sim a nós, que o Senhor escolheu para filhos amados, no que cremos nós? Em nada…

Provavelmente sentes-te incapaz, tão limitado. Tu sabes muito bem quem és e as tuas fraquezas, as mais simples e as que não consegues ultrapassar. Olhas para o Pai e à medida que O vais contemplando, vendo, procurando, tu sentes-te cada vez mais pequeno, frágil, incapaz, indigno.

Sentes-te como a estepe. Não se dá nada por ela. É boa para ser queimada apenas.

Jesus veio exactamente para a estepe. Não veio para os que se acham bons, não veio para os lírios, para os narcisos, para as flores mais belas que possas imaginar. Veio para a estepe. Veio para os cansados, para os cobardes, para os cegos, surdos, mudos, coxos, com defeito.

Acolhe dentro do teu coração ressequido o Senhor JESUS.

Há um caminho aberto dentro de ti. Imagina o teu coração como uma planície repleta de estepe. Agora imagina alguém, vestido de branco, a passar de um lado ao outro da planície, deixando um caminho aberto no meio. E perto do caminho a estepe começa a ficar verde e a dar flores. E aos poucos, pouco a pouco, todo o campo vai ficando verde e cheio de flores.

Esta é a promessa.

E ESTE é o sinal que tu e eu podemos erguer, para que os povos vejam! (Isaías 62:10)

Deus te abençoe, estepe, sejas tu quem fores. Que possas ficar irreconhecível por aqueles que te conheciam.

*sorriso*

16 comentários:

Lou disse...

Paula

Obrigado pela mensagem dos céus.

Ass. Estepe (a mais seca de todas)

Grace disse...

Que doçura de palavras...
É isso mesmo! Deus tem muita benção pra sua vida! Muita mesmo!
Glória a Deus, por essa nossa busca incessante!
Beijos.

Flá Mendes disse...

obrigado!

Vilma disse...

Paula querida: outra estepe que foi regada pela Palavra que Deus trouxe por teu intermédio!
Que benção!
Um xi-coração pra ti!

Andrea disse...

Minha querida e amada mana,
só quero deixar-te um grande abraço com a cumplicidade dos céus que ambas conhecemos.
Alegras-me tanto minha flor bela.

Deus, obrigada pela vida da minha mana, e por ela fazer parte da minha!

Ana disse...

Às vezes esqueço-me disso e vivo seca... obrigada Paulinha :) És tããão abençoada meu amor ***

Jacinto João disse...

Glória a Deus, Paula nem sabes como gostei desta mensagem!

Deus te Abençõe

Teresinha disse...

ah pois e...
quando mais precisamos, lá está Ele a dar-nos forças, la esta para nos segurar ao colo, como as pegadas na areia :)
mas ainda gostava de saber porque e que a vida tem que ser complicada?!?
sera pela conversao dos outros ou pela nossa propria conversao???

Paula do Ó Barreto disse...

olá amiga,

Fez-me pensar este teu artigo. Por isso só agora digo qq coisa.
Mais uma vez Deus revela-se de uma forma inesperada, através do que escreveste.

Paula disse...

Olá a todos. Fico contente por Deus ter falado alguma coisa. :) Glória a Ele!

Maninha, retribuo o abraço... ele vai de volta com muito amor!

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Your site is on top of my favourites - Great work I like it.
»

Anónimo disse...

best regards, nice info Mohegan sun cassino retirement planning Home business computer fax Life insurance resource

brisa disse...

Amiga passaram quase 3 anos q escreveste este artigo, e hoje esta passagem veio a minhas mãos :)
Não sei o porquê do tempo, se o erro foi meu e estive longe,
mas este tem sido um tempo muito bom :) muito tranquilo, de descanso e aprendizagem c o Paizinho!
Beijinhos amiga tenho um carinho tão grande por ti :) hj estou de poucas palavras c dificuldade em escrever sobre como m sinto, isto porque estou a sentir de uma forma tão doce :) beijinhos amiga :)

brisa disse...

Amiga passaram quase 3 anos q escreveste este artigo, e hoje esta passagem veio a minhas mãos :)
Não sei o porquê do tempo, se o erro foi meu e estive longe,
mas este tem sido um tempo muito bom :) muito tranquilo, de descanso e aprendizagem c o Paizinho!
Beijinhos amiga tenho um carinho tão grande por ti :) hj estou de poucas palavras c dificuldade em escrever sobre como m sinto, isto porque estou a sentir de uma forma tão doce :) beijinhos amiga :)