Ele pensa sempre em mim! - Parte 2

Ontem voltei novamente os meus olhos para o Salmo 139... Deus ainda não tinha falado tudo...

"Onde poderia eu ir, fora do alcance do teu Espírito? Onde poderia eu pôr-me que tu não me visses?
Não posso contar as muitas vezes por dia que os teus pensamentos se viram para mim." Sl 139:7,18

Prostrada diante d'Ele, eu sabia que os Seus olhos estavam sobre mim, observando cada pormenor... mesmo que eu não dissesse nada, nem uma palavra, Ele estava a ler os meus pensamentos, o meu coração... porque eu não escapo ao alcance do Seu Espírito...

Não dá para contar as vezes que Ele pensa em mim... simplesmente não dá... serão tantas como os grãos de areia que existem numa praia? serão tantas como o número dos meus cabelos? Se calhar são ainda muito mais...

Mais uma vez o meu coração foi consolado por esta verdade: Esteja eu onde estiver, esteja eu como estiver, o Seu Espírito me sonda, percorre o meu interior e isso sente-se tão claramente... Os Seus olhos estão continuamente sobre mim... Não será isto suficiente para me sentir segura em qualquer situação?

Quando os conceitos de omnipotência e omnisciência de Deus se tornam verdade em nós, na nossa mente, no nosso coração, o consolo é muito grande..... Temos um Pai que a todo o momento observa, cuida, logo, a qualquer momento eu posso elevar a minha voz a Ele e simplesmente adorá-Lo... Ele está sempre a "ler o meu coração e a minha mente", estou sempre debaixo do alcance do Seu Espírito...

Em qualquer momento, mesmo estando a fazer outras coisas, eu posso, mesmo em pensamento, falar com Ele, cantar para Ele, ouví-Lo, estar com Ele... haverá maior cumplicidade do que esta?

6 comentários:

Vilma disse...

Hoje também fui tomada por esse pensamento. É maravilhoso...nem há palavras que o possa definir! E o salmo 139 é dos mais belos a descrever a dimensão do amor de Deus pelo ser humano e o Seu conhecimento sobre todas as coisas! Lindo texto, Paula! Mais uma vez!

Andrea disse...

Não mana, não há maior cumplicidade do que essa!
Quando dizemos que Ele é a razão da nossa vida, sabemos do que falamos.
Com amor, beijos!

Ego Ipse disse...

Por vezes esquecemo-nos do Salmos!Obrigado por me fazeres voltar a estes cantos.

Luis Castanheta disse...

Se fosse de outro modo, amá-lo-iamos da mesma forma ?

Paula disse...

Não sei se o amaríamos da mesma forma, pq se Ele n fosse assim, n seria Deus: n seria omnipotente, omnipotente... seria o q? MAS ELE É! Que bom.

Marcia disse...

Paula querida...como foi bom para meu coração ler este artigo.Eu me sentia longe do meu pai, mas pude perceber o quanto ele esta perto de mim...no meu respirar, no meu falar,no meu andar, é só sentir ele, a presença dele...isso é maravilhoso...Deus te abençoe por me fazer lembrar o quento estou perto do meu Senhor e o quento ele pensa em mim e se preocupa comigo. Eu amo vc querida!!!

Um abraço.

Arquivo