Deixa-me estar...

... fixando o Teu olhar

Palavras de uma música que tanto têm estado no meu coração. (Obrigada, querida autora... o Senhor inspira-te muito... és um vaso especial, para Ele e para mim. Estás cá dentro, mais chegada que uma irmã. Muitos verão, temerão e porão a sua confiança no Senhor por causa da tua vida!)

Deixa-me estar, Pai, junto a Ti, apenas fixando o Teu olhar. Não quero saber de mais nada, mesmo nada. Quero-Te a Ti. Só aí, em Ti, no Teu colo, eu encontro um conforto tão grande!

Só aí eu sei quem sou, eu me vejo com os Teus olhos, e posso contemplar os Teus. Só aí, nesse lugar só nosso, eu te posso conhecer. O nosso jardim fechado!

Deixa-me estar... deixa-me estar, Pai.

Alguns dizem: És isto, és aquilo, podes fazer isto, podes fazer aquilo... mas Tu sabes que eu não quero fazer nada. Eu não quero. Só quero saber de Ti.

Eu sei que tu também me queres a fazer coisas dirigidas pelo Teu Espírito que em mim habita, mas eu neste momento não me sinto com vontade para fazer nenhuma delas. Nem uma sequer. Apenas Te quero a Ti, como a jóia mais preciosa que possa existir na minha vida.

Receber o Teu amor e poder contemplar-Te basta para mim. Não desejo nada mais. E Tu sabes como sinto isto, Tu podes sentir a intensidade no meu coração.

Eu... amo-Te, Pai. E se me queres a fazer algo mais que apenas contemplar-Te, levanta-me daí, da Tua frente, dá-me a Tua mão e envia-me, contigo. Tu sabes que mais nada nem ninguém pode fazê-lo neste momento. Só Tu. E se Tu não me levantares, eu continuarei aí sentada, olhando para Ti e sentindo o Teu amor.

Deixa-me estar... fixando o Teu olhar. Deixa-me ver o Teu milagre, Senhor.


"Pai! Que todos aqueles que me deste estejam onde eu estiver, para que possam ver a Glória que me deste. Essa Glória consiste em Tu me teres amado antes que o mundo fosse mundo." Jo 17:24

4 comentários:

Eu disse...

Paz, querida!
Sabe, estou me sentindo péssima desde ontem. A gente vai para um culto de domingo esperando receber uma palavre "RHEMA", aquela que te anima, te põe pra cima...e o que você recebe? Uma porção de fardos, que nos faz sentir mais pesados do que já estávamos, mais tristes, mais desanimados.
Eu estou desolada. Se na igreja a gente não está recebendo mais o que a gente precisa, o que fazer?
Sair da igreja, ficar vagando por aí? Ir por ir?
Sei lá, nem sei se devia estar escrevendo esse tipo de coisa em plena internet, mas gostaria de saber a sua opinião.
Estou me sentindo completamente só!
Completamente desnorteada.
Ao mesmo tempo culpada. Será que a ovelha negra sou eu???
Meu Deus, me ajude!

Eliot D. Chambers disse...

Foi com os olhos fixos nEle que Pedro andou sobre as águas. Só foi tirar os olhos que Pedro afundou.

Estejamos sempre olhando para o Autor e Consumador da nossa fé!

Paula disse...

Olá "Eu". Obrigada pela tua visita mas sobretudo pela tua sinceridade.

Deixa-me dizer que, de coração, eu compreendo-te... compreendo perfeitamente o teu sentimento porque também já o vivi na minha vida.

Ao pensar nas tuas palavras, lembrei-me de Jesus com a mulher samaritana.

"Quem beber da água que eu lhe der, nunca mais há-de ter sede. A água que lhe der torna-se dentro dessa pessoa numa fonte que lhe dá a vida eterna."

"Chegou o tempo em que todos podem adorar o Pai sem ser neste monte ou em Jerusalém." Jo 4:14,21

Compreendo que vás à Igreja com vontade de lá receber, ser cheia, etc., mas, minha querida irmã, quem disse que é esse o papel da Igreja? Eu tb já vivi isso e saía de lá mto frustrada, com vontade de nunca mais voltar. Mas sabes o que descobri? Que posso estar lá olhando apenas para Deus, esquecendo os homens, esquecendo o que eles estão a fazer, e recebi, algumas vezes, as palavras Rhema que falas... vindas do Espírito.

E só consigo isso porque no meu dia-a-dia tento cultivar uma relação íntima e verdadeira com o Pai. E creio que é isso que Ele deseja. Não podemos ou devemos depender da Igreja para receber coisas, para ouvir Deus, para sermos cheios e/ou consolados. Não podemos... Jesus disse isso mesmo à mulher samaritana...

Adora o Pai noutros momentos, em todo o tempo, e vais ver que no meio dessa sequidao que sentes na tua igreja, tu tb vais conseguir fazê-lo.

Não faças com que o teu relacionamento com o Pai dependa de reuniões, de outros que supostamente sabem o que estão a fazer. Não dependas... depende só dele, exclusivamente d'Ele.

É apenas a minha experiência e aquilo que creio ser da vontade do Pai.

A Igreja tem o seu papel, mas não é dela que podemos depender. Só de Deus.

Que Deus te ajude e abençoe. Creio, sabes, que isso vai acontecer.

Um beijinho e sê sempre bem-vinda ao Jardim Fechado.

Andrea disse...

Mais que uma sensação maravilhosa isso é, tocar com a fé no espiritual.
Que o teu olhar fixe tão intensamente os Seus olhos que tudo à tua volta pare diante da Sua grandeza e esplendor.
O amor Dele é lindo, é intenso, é arrebatador.

Sinto-te tão arrebatada!!! Só o próprio Deus o pode fazer.

Abraço sentido, mana do meu coração.