Transparência... mais uma vez...

"Salva-me, ó Deus, porque estou quase a afogar-me;
Estou a afundar-me num pântano profundo, não tenho onde apoiar os pés. Vim parar em águas muito fundas e a corrente está a arrastar-me.
Estou rouco de gritar, dói-me a garganta; os meus olhos cansaram-se de esperar, ó meu Deus!" Salmo 69:2-4

Teriam sido estas palavras de David um exagero da parte dele? Não me parece.

Deixou ele de confiar, esperar, descansar no Pai, só porque se sentia desta forma? Não me parece.

Se calhar, alguns chegaram ao pé dele e disseram:

"Ó David, deixa-te disso! Confia em Deus! Não te exponhas dessa forma... já viste o que as pessoas vão pensar? Vão deixar de te ter como referência. Essas tuas palavras quase insultam Deus! Se estás assim é porque não estás a descansar, é porque não estás a relacionar-te com Deus da forma correcta... Tem força! Fica bem, não te sintas assim! Deus está contigo!"

Quando nos sentimos assim, como David neste salmo, será que estamos a deixar mal Deus só porque expomos o que sentimos? Estamos a colocá-Lo em causa na nossa vida? Devemos guardar as coisas, só para não dar a impressão de nos estarmos a queixar?

Estas perguntas tenho-as feito para mim. E que bom! descobri as respostas...

Sim... os meus olhos também se cansaram de esperar... tal como David...

A partir de hoje, Pai, Tu sabes a sinceridade com que te digo: só posso depender de Ti! Guarda aquilo que Tu sabes. Protege, Pai, com as Tuas mãos de amor, porque eu não posso fazê-lo... só as Tuas mãos, Pai... só elas...

Obrigada porque, não por mim mas por Ti, eu posso dizer: Amo-Te! Cada vez mais! És tudo o que eu preciso.

"Que aqueles que Te procuram não fiquem desiludidos por causa de mim, ó Deus de Israel." Sl 69:7

4 comentários:

Anónimo disse...

de um momento para o outro tudo muda... as águas que pareciam calmas agitam-se... as tempestades aparecem... e com elas as soluções do mundo... vêm de todo o lado... mesmo de pessoas que nunca pensariamos poderem opinar sobre nuestra vida... e todavia... as águas são cada vez mais profundas... cada vez estamos mais perto do limite e aí percebe-se que só uma mão pode verdadeiramente retirar-nos da morte... que essa mão forte que te vai puxar dessas águas venha em breve para te edificar...

Friedrich disse...

Caminharás por cima das águas calmas que te salvará para sempre envolta no amor...

Beijos

Grace disse...

Amada!
SOMOS HUMANOS! SOMOS CARNE!
Estamos aprendendo a cada dia, conhecendo mais o nosso Pai a cada dia!
Neste mundo temos muitas aflições, mas vencemos todoas porque temos Jesus! E é muito natural, naturalíssimo que de vez em quando nos sintamos esquisitas.
Sabia, que como a natureza, nós temos fases?
É sim!
Como a lua, às vezes estamos cheias, às vezes minguadas, às vezes crescendo e às vezes novas em folha.
Como as estações do ano, às vezes estamos calientes como o verâo, às vezes frios como o inverno, às vezes floridos como a primavera e outras vezes com nossos galhos sem sequer uma folha, como no outono...
Fique tranquila minha querida, ninguém tem o direito de nos julgar. Precisamos nos mostrar assim como somos e estamos.
Não é sempre que podemos agradar a todos.
Ah! Esqueci da fase que só as mulheres têem! Acho que é a pior! A famigerada TPM!
Fique em paz e continue sendo transparente, limpa, não se enganado e nem enganando ninguém.
Você é muito especial, exatamente por essas suas peculiaridades.
Deus continue te abençoando grandemente.
Beijos.

Joel disse...

Sobre transparência:

"Um vaso transparente não traz glória a si mesmo, mas glorifica o seu conteúdo!"

Deus te abrace