Born Again

Ontem, numa conversa, fiquei a saber que na Irlanda do Norte não existem só Católicos e Protestantes.

Sim, porque na Irlanda do Norte, ou és Católico, ou és Protestante. Os bairros dos católicos são divididos dos bairros dos protestantes, nas paredes das ruas existem escritas autênticas declarações de guerra uns aos outros, etc.

No entanto, há uma outra "categoria" de "seres" na Irlanda do Norte: os "Born Again", os nascidos de novo, ou seja, os verdadeiros discípulos de Cristo (fui tentada a escrever "evangélicos" mas cada vez menos me quero identificar com um nome que me faz lembrar "religião").

GRAÇAS A DEUS que os Born Again fazem diferença na Irlanda do Norte e que as pessoas os vêm como diferentes no bom sentido.

Como estamos nós a ser vistos? "Apenas" como evangélicos, adeptos de mais uma religião entre as muitas existentes, ou NASCIDOS DE NOVO, pessoas NOVAS, RECRIADAS, cheias de alegria no meio dos problemas, pessoas que passaram por situações difíceis mas foram totalmente recriadas por Deus?

Por vezes vêem-se mais cristãos abatidos, tristes, oprimidos, cumpridores de regras e de normas, de ética e moral, presos, do que pessoas nascidas de novo, livres.

Que o Senhor nos faça NASCIDOS DE NOVO!

2 comentários:

JOINCANTO disse...

Como deves saber, "Born Again" também é uma expressão conhecida nos Estados Unidos da América para designar os Filhos de Deus.
O que faz toda a diferença na vida não um titulo, mas sermos pessoas realmente "nascidas de novo"!

Paula disse...

Sim, é o que somos que faz a diferença. Cada vez mais olho para Jesus a enfatizar isso: esqueçam os títulos, os nomes, a religião, ESQUEÇAM. Vivam...

Arquivo