Estações da vida

Como disse um dos homens mais sábios de todos os tempos:

"Existe um tempo próprio para tudo, e há uma época para cada coisa debaixo do céu.
Um tempo para nascer e um tempo para morrer;
Um tempo para plantar e um tempo para colher o que se semeou;
Um tempo para matar, um tempo para curar as feridas;
Um tempo para destruir e outra para reconstruir;
Um tempo para chorar e um tempo para rir;

Um tempo para se lamentar e outro para dançar de alegria;
Um tempo para espalhar pedras e outro para as juntar;
Um tempo para abraçar, um tempo para afastar quem se chega a nós;
Um tempo para andar à procura e outro para perder;
Um tempo para armazenar e um para distribuir;
Um tempo para rasgar e outro para coser;
Um tempo para estar calado e outro tempo para falar;
Um tempo para amar, um tempo para odiar;
Um tempo para a a guerra e um tempo para a paz." Ec 3:1-8

Deus está neste momento a permitir que eu seja como uma árvore no Outono... Uma árvore que está a perder as suas folhas... Uma árvore que está a ficar "despida" do que é, para que na próxima estação possa florescer!

Existe um tempo para tudo, e há momentos em que, por mais tristes que pareçam, são bonitos, tal como são para mim bonitas as árvores no Outono... Mas mais do que bonitos, esses momentos são necessários.

Deus só derramará bênçãos sem fim num vaso de barro que se esvazia do que é, das suas características, que fica totalmente despido e então pronto para receber...

Arquivo